PRAIAS

HORÁRIO DOS ONIBUS DO LITORAL DO PARANÁ HORÁRIO DOS TAXIS DE PARANAGUÁ RESTAURANTES DE PARANAGUÁ FACEBOOK TWITTER G+

FELIZ DIA NOVO!  
            Maria Luiza (Malu)    

             

               DIA 23 DE ABRIL É O   DIA MUNDIAL DO ESCOTEIRO  

Hoje provavelmente vamos preferir nos recolher em nosso canto, evitando muita conversa e fazendo o mínimo de contato com os outros. É um período que costuma deixar as pessoas desanimadas, melancólicas e tristes. Muitos vão estar rabugentos, aborrecidos, insatisfeitos e podem acabar descarregando suas frustrações encima dos outros. As pessoas estarão irredutíveis em seus pontos de vista. Poderá ser difícil obter apoio, favores e concessões. Mas deveremos estar preparados para enfrentar cobranças e exigências. Não é um dia bom para negociar. Pode haver desconfiança ou mesquinharia nas negociações.

Frase do dia:

""Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" ”
(Antoine de Sain-exupéry em “O Pequeno Príncipe”)



CONSTRUÇÃO DE SITES






 JORNAL DOMINGO A DOMINGO

                     

MENU DE PÁGINAS
                       
                       
JORNAL DOMINGO A DOMINGO
 NUTRICORPUS SUPLEMENTOS J CABRAL IMÓVEIS
 LOJA TEMPORÃO

PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                       
                       

EDITORIAL

A VIOLÊNCIA MASCARADA

          A violência nas manifestações populares é o centro da discussão sobre uma nova legislação, a ser aprovada pelo Congresso. Para alguns, a solução é enquadrar os baderneiros como terroristas, apesar de admitirem que a conduta deles não se enquadra nos instrumentos internacionais sobre terrorismo.
Todo brasileiro razoavelmente informado já sabia que os black blocs estavam tentando de tudo para que os policiais encarregados de reprimir o vandalismo nas cidades brasileiras produzissem um mártir. Em 25 de janeiro, Fabrício Proteus Fonseca Mendonça Chaves, de 22 anos, foi baleado num protesto em São Paulo contra os gastos da Copa do Mundo. Poderia ter sido este, mas, socorrido pelos PMs e levado para a Santa Casa de Misericórdia, ele felizmente sobreviveu. O cinegrafista da Band Santiago Andrade, não teve a mesma sorte e morreu. Eis o mártir! Só que o cinegrafista, não foi vitimado pela violência policial, contra a qual dez entre dez políticos, militantes de direitos humanos, governantes politicamente corretos, acadêmicos bem-pensantes e repórteres apressados esbravejam.
 O buscapé disparado a poucos metros da vítima foi preparado por vândalos escondidos atrás de máscaras ou com camisas na cara para não serem identificados. O disparo podia não ter como objetivo especificamente aquele profissional. Pois a vareta que direciona o rojão foi quebrada e quem já soltou fogos sabe que nessas condições o buscapé não sobe, faz um trajeto aleatório e atinge o que encontrar pela frente. Ninguém imaginou culpar os black blocs pelo crime. Os jornais da Globo atribuíram aos policiais o disparo do explosivo, sem considerar que a fogueira ateada na cabeça do colega jamais poderia ter sido produzida por bombas de efeito moral ou granadas de gás lacrimogêneo. Faltou sensatez. O hábito de denunciar a violência policial levou o erro ao ar. Errar é humano, está certo, mas o jornalismo responsável requer mais diligência.
Dilma no Twitter aproveitou para dizer que “Não é admissível que protestos democráticos sejam desvirtuados por quem não tem respeito pela vida humana” do alto do cargo mais importante da República ela se comporta como  a candidata à própria reeleição, reduz o crime a um slogan de campanha, e usa o velório da vítima como extensão de seu palanque. Renan Calheiros (PMDB-AL), tenta limpar a própria imagem com o sangue da vítima propondo enquadrar os vândalos por crime de terrorismo. Quando será que os políticos que vendem a alma por um punhado de votos vão descobrir que os bandidos infiltrados em passeatas pacíficas são criminosos comuns que agridem, saqueiam, matam e depredam, e devem portanto serem tratados como criminosos comuns?  A legislação está aí. O que falta é rigor na repressão a esses crimes.
O jurista Aurélio Wander Bastos, da Unirio e do Iuperj, considera que é preciso incluir a definição de terrorismo na Constituição justamente para evitar tais equívocos. O deputado federal do PSB Alfredo Sirkis considera erro confundir a franja violenta das manifestações, com o terrorismo propriamente dito. Ele compara os black blocs com torcidas violentas nos estádios, hooligans ou skinheads. Para enfrentá-los, antes que inviabilizem e desmobilizem manifestações legítimas, bastam alguns ajustes na legislação proibindo uso de máscaras e objetos de agressão, e criando a figura do delito de ação em organização coletiva, que seria aplicável da mesma forma às torcidas violentas. O consultor de assuntos internacionais Nelson Franco Jobim, embora concorde que não se pode graduar a pena de black blocs comparando-os a Al Qaeda , diz que não dá para ignorar as possíveis consequências de explodir uma bomba . O criminalista Cosmo Ferreira diz que terrorismo tem tanto a ver com manifestações violentas quanto Pilatos tem a ver com o Creio em Deus Pai.
É absurdo tratar vândalos e black blocs, como terroristas . Nosso arsenal jurídico é mais do que suficiente para puni-los. O que quer nosso Parlamento, criar um terrorismo tupiniquim? Não é hora de caçar bruxas. Basta tirar a máscara dos delinquentes que escondem o rosto pra ficar impunes.

O QUE DIZ O LEITOR

Muito boa a reportagem Mercado Imobiliário de Paranaguá. Moramos no parque Agari e dá pra perceber que pelo menos por aqui, a cidade cresce e se renova em ritmo acelerado. Se não fosse tanta gente (...) que nos envergonha, como essa quadrilha do silicone no porto, nossa Paranaguá seria o Paraíso. Eu e minha esposa sempre abrimos o domingo na internet e até já recebemos o jornal , que entregaram aqui em casa. É muito bom. Acho que vocês vão ter muito sucesso. Andersom M da Silva - Paranaguá

Para ler a publicação mencionada pelo leitor, clique   aqui


LIVROS
CASAMENTO E FINANÇAS

O Caminho da Estabilidade Financeira>

CASAMENTO E FINANÇAS         Quando as pessoas estão apaixonadas, pensam em dividir o mesmo teto. Às vezes optam pelo casamento. No início o romantismo predomina. Os casais dão presentes um ao outro e muitas vezes não se importam com o valor. Mas para ficar juntos a vida toda é preciso ter condições de se sustentar e gerir as despesas da casa. Fatores primordiais que podem prolongar ou não a vida a dois.
        Pensando em ajudar os casais com sua experiência de vida, o escritor parnanguara José Simplício da Silva Neto resolveu escrever o livro “ Casamento e finanças, o caminho para a Prosperidade Financeira” , que lançou dia 14 no auditório da Biblioteca Mario Lobo.
        “Esse tema é de extrema importância para as famílias. Na área que eu desenvolvo no ministério Cristão, tenho trabalhado com casais e pude perceber que dentre as muitas dificuldades que os casais enfrentam, encontra-se a de ajustar e controlar suas finanças. Então comecei a trabalhar e escrever este livro, na área de finanças, justamente por essa necessidade. Os casais tem muita dificuldade na área financeira.”
        O Autor garante que todo o conteudo do livro, tem origem em experiências de sua vida pessoal.
        “Eu, particularmente, senti bastante essa dificuldade, principalmente nos primeiros anos de casado, estive no vermelho, estive no sufoco, tive problemas conjugais por causa de dívidas e quando consegui contornar isso, contornar essa situação, e superar tudo isso, resolvi então escrever para orientar outros casais e outras pessoas que tem dificuldade controlar suas finanças.”
        O segredo, segundo o autor são: Planejamento e disciplina.
        Com a graça de Deus o lançamento, do Livro Casamento e Finanças, o Caminho para a Prosperidade Financeira, em Paranaguá, foi um sucesso.  Fiquei extremamente feliz com o resultado e agradeço a todos os que colaboraram e estiveram orando por nós. Que Deus Abençoe Vossas Vidas!
        O livro está sendo vendido na loja Baronesa, na vila Paranaguá, Em frente a Assembleia de Deus. O telefone da loja é 3422-1115. Ligue e confirme, porque devido a grande procura o livro em alguns momentos pode estar em falta na loja.

       

DESTRUA ESTE DIÁRIO


DESTRUA ESSE DIÁRIO           Um diário costuma servir para anotar experiências de vida, memórias e registrar o cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do leitor uma interação inusitada.
        Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, ‘Destrua este diário’ convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho.
        A autora sugere desta forma, que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura é na verdade, um grande empecilho ao processo criativo, e que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir. É o segundo livro mais vendido pela Livraria Cultura, só perdendo para “A Culpa é das Estrelas” de John Green.
        Você pode comprar "EU ME CHAMO ANTONIO" no Sebo Litoral, Ao lado da ITAZA ou na BooK Sebo, ali perto do SINE. Ou compre em até 6 vezes no cartão direto pela internet clicando neste baner da Livraria Cultura e fazendo seu pedido.



JORNAL DOMINGO A DOMINGO

PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       
Day Mesquita

Dayenne Proença Mesquita, a Day Mesquita, é uma atriz paranaense, de Telêmaco Borba e já havia atuado em tramas da Band e SBT antes de ganhar uma boa oportunidade na Globo. 
          . Iniciou seu trabalho na Rede Globo como a advogada Stela em 2012 em  Cheias de Charme. Se profissionalizou como atriz em 2004, de lá pra cá ela vem fazendo trabalhos na área de publicidade. Seu primeiro trabalho na TV foi em 2005 quando tornou-se apresentadora do programa  ”Teen Power” ,um guia de informação voltado para o público jovem, exibido semanalmente no canal 21.Sua primeira novela foi  ”Dance Dance Dance”,  na Band, onde era a antagonista da trama, que foi ao ar em 2007. Desde criança já dizia que queria ser atriz, mesmo sem ter um motivo especial. “Quando comecei a estudar é que descobri que era o que realmente queria fazer.  Eu acho que dependendo do momento em que estou tenho preferência por alguma peça específica. Mas um papel que adoraria fazer é o da Julieta. No auge dos seus 26 anos, Day Mesquita não precisa investir muito em cuidados com a beleza. A atriz, garante que não é muito vaidosa, mas se esforça. “Às vezes eu sou meio preguiçosa”, admite a atriz, mas afirma que a única coisa que não deixa de usar é protetor solar. “No rosto, sempre. No corpo, quando vou à praia”, Para manter a forma, a atriz faz caminhadas e exercícios físicos. Com os cabelos muito finos, Day repica as pontas para dar volume, faz mechas e hidratação periodicamente. vai à academia pelo menos 3 vezes por semana. “Aqui no Rio a gente tem que caminhar bastante, porque tudo é um pouco longe de tudo. Na academia faço treino de circuito com musculação e aeróbico, mas não para ganhar massa”.
          Atualmente Day Mesquita, está contente com o seu papel em “Além do Horizonte” como a secretária Fernanda. A atriz afirma que sempre correu atrás para “se bancar” e que começou a trabalhar aos 13 anos, dando aulas de balé, e desde essa época tinha seu dinheiro. “Entrei em crise com a falta de trabalho quando mergulhei na carreira de atriz”, contou Day.”Mas teve uma hora que o universo conspirou a meu favor.” Por pouco, não abandonei tudo. “Ano passado falei: ‘Não quero mais’. Nada acontecia, eu queria ter minha carreira, meu dinheiro e começaram a rolar novas coisas. Aí, mudei de São Paulo para o Rio e rolou a novela, um personagem inteiro, meu primeiro trabalho completo na Globo e 2014 começou maravilhosamente bem”.
          Com dez anos de carreira, a paranaense acha que tudo que conseguiu até hoje é graças a muita sorte mas também muita determinação para correr atrás. “Acho que é hora de colher. Estou começando a colher as coisas que plantei. Aprendi muito, os trabalhos que faço hoje são com mais maturidade. Cheguei nesse lugar e nesse momento na hora certa”.
          Em ótima fase também no amor, a atriz está a um ano e meio com o ator Allan Souza Lima,  de 28 anos, e tem nele um grande parceiro na

DAY MESQUITA

vida. ”Somos o oposto um do outro, o que por um lado é bom porque nos equilibra. Tudo o que eu preciso, uma opinião que seja, Allan está lá. Ele ‘batia’ texto comigo e me ajudou muito na fase de testes da novela”, revela, garantindo que a troca é a base da relação. ”Allan também dirige e talvez façamos uns projetos juntos. De certa forma, a parceria artística já existe”.
          Day esconde atrás de um sorriso iluminado certa timidez. Isso não abala sua segurança. Ela garante que sabe o que quer e não tem pressa para alcançar seus objetivos. Um deles é fazer cinema. ”Acho que sou uma sonhadora,Day Mesquita mas sei onde posso chegar. Sei o que quero , mas tento dar cada passo com muita consciência, até para não me frustrar sonhando coisas impossíveis.” Sobre casamento, não há planos. ”Às vezes, falamos disso, mas não é nada certo. Tenho quase 30 anos, mas me acho nova para isso. Nem penso em ter filhos agora por conta do trabalho. Tive uma adolescência um pouco tardia. Aproveitei mais a vida a partir dos 24 anos.
           Dedicada à profissão, Day resolveu mudar a silhueta e perdeu 10kg. ”Desconto tudo na comida. Perdi meu pai em 2009 e, depois disso, passei por fases complicadas. Não era muito regrada. Hoje, estou no meu peso ideal, me alimento bem e estou mais disciplinada.  Fiz quase 20 anos de balé clássico, tenho uma ‘memória’ corporal boa. Quando malho um pouco, já aparece o resultado”,
            Sobre seu trabalho em Além do Horizonte, ela garante que é bom para quem inicia, desenvolver um trabalho “sem unanimidade de público”, porque é fonte de experiência e equilíbrio.
          Além do Horizonte, a fonte de experiência e equilíbrio está sendo apontada como o maior problema da história da dramaturgia da Globo. Registrou no fim do ano passado média de 14,6 pontos de audiência, quase a mesma da reprise de “O Cravo e a Rosa”, no “Vale a Pena Ver de Novo”, que alcança em média 13,6 pontos. Além de ser o pior índice da história do horário, a novela viu a Record encostar em ibope. Durante alguns minutos, Marcelo Rezende e o seu “Cidade Alerta” marcaram 11 pontos, contra 12 de “Além do Horizonte”.
          A ‘novela-pesadelo’, como é chamada nos bastidores, melhorou bastante de umas semanas para cá. Está mais digerível, suas tramas descem melhor, parece mais redonda. Parece que encontrou seu rumo. Estes são alguns motivos para dar uma chance para a turma de Além do Horizonte. É claro que tem coisas que não descem. Apostar em algo tão subjetivo como a felicidade, só podia arrancar uma audiência subjetiva. A novela melhora à medida que o tal grupo que promete a felicidade vai revelando seus interesses bastante concretos e objetivos. o diretor de núcleo Ricardo Waddington, responsável por sucessos como Avenida Brasil e Cordel Encantado, garante que Além do Horizonte não vai passar por novas alterações. “A história que temos para contar é essa – nem teria outro jeito de contá-la. A Globo e eu estamos felizes. Há uma absoluta compreensão de que é uma história nova e os números devem ser vistos com cautela.
          Waddington aposta que aos poucos o público vai entender a história, se apaixonar pelos personagens , se sentir mais seguro nesse ambiente e até dar um up-grade em suas preferências culturais. É. Pode ser!

PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                     
                       

OS NOSSOS FILHOS


nossos filhos

        Um suéter cinza, largado sobre a carteira vazia de Lucas, lembrava o menino desanimado que acabara de sair da sala do terceiro ano, com seus colegas. Logo, os pais de Lucas, que haviam acabado de se separar, chegariam para uma reunião, convocada pela diretora para falar sobre o mau desempenho e o comportamento insubordinado do filho deles. Um não sabia que a diretora havia chamado o outro.  Lucas, filho único, era uma criança feliz. Gostava de cooperar era amigo, conversava e era um ótimo aluno. O desafio que a diretora tinha que enfrentar, era mostrar para aquele pai e aquela mãe, sem acusações e sem sermão, que aquele Lucas caladão, respondão, brigão e que se recusava a tudo, era apenas uma criança magoada com a separação dos pais.  A mãe de Lucas entrou e se sentou em uma das cadeiras que havia perto da mesa da diretora. Em seguida, o pai chegou. A pontualidade dos dois era um bom sinal. Denotava preocupação, porque o motivo da convocação não era segredo para nenhum dos dois. Eles se olharam com surpresa e irritação, enquanto a diretora iniciava um relato objetivo do comportamento e do rendimento escolar de Lucas, rezando para encontrar as palavras certas, que fizessem aqueles pais entender o que estavam fazendo com o filho. Mas as palavras não vinham. Ela então, em silêncio, entregou a eles um papel amassado que era um dos trabalhos do Lucas. Um papel borrado, LAGUNA RESTAURANTE E CHOPERIA

feito sem carinho e sem cuidado, que ele tinha amassado furiosamente com as duas mãos, antes de entregar à professora.  A mãe do menino pegou a folha amassada e leu e releu e tornou a ler aquela única frase que estava ali escrita inúmeras vezes, ocupando toda a folha de papel, era uma frase só, escrita e reescrita e reescrita muitas vêzes, e mesmo assim,ela leu cada palavra até o fim da página, e por algum tempo, ficou ali, imovel, inerte, tocada profundamente. Sem dizer palavra, estendeu a folha de papel para o marido. Primeiro, ele franziu as sobrancelhas, e então ajustou os óculos e começou ler .Ficou lendo por um tempo que pareceu uma eternidade aquela única frase: “ EU AMO VOCÊS, EU AMO VOCÊS, EU AMO VOCÊS, EU AMO VOCÊS... Palavras simples, diretas, nuas, francas, objetivas. Finalmente, dobrou o papel cuidadosamente e colocou no bolso, A mulher enxugava lágrimas e apenas olhava para o marido.  A diretora tinha os olhos marejados, mas o homem nem notou : - Nós também o amamos muito – garantiu ele naquele tom de alguém que afirma algo que os fatos negam. - Apesar de tudo, nós todos nos amamos muito – disse a esposa. - Vamos demonstrar isso a ele – murmurou o marido. Ajudou a esposa a colocar o casaco e saíram juntos. Os pais são o chão da confiança e das certezas dos filhos. São toda esperança e sonhos de uma criança. Ainda quando uma separação se torna inevitável, os filhos precisam identificar na mãe e no pai, compreensão, respeito, COMPANHIA DA PIZZASABOR MINEIRO

colaboração e carinho, e principalmente, precisam continuar a se sentir amados. Assim as consequências do divórcio chegarão a eles minimizadas, evitando traumas e sofrimentos que podem permanecer para sempre. As palavras corretas serão sempre aquelas que expressem amor.

PARADA DO AÇAÍ SQUARE VIDROS TEMPERADOS RESTAURANTE E CHURRASCARIA SEREIA

PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       

        Atenção Paranaguá! Estamos de Parabéns! Já chegou na cidade a SORVETES TREVISO. Nada menos que o melhor sorvete do norte do Paraná! Produtos de sabor incomparável com mais de 500 pontos de vendas espalhados por todo Paraná. Qualidade e tradição fazem o sucesso desta marca que está ganhando espaço e fazendo a cabeça da galera. Como Boas Vindas , à Sorvetes Treviso, o

Domingo a Domingo, jornal que cresce com Paranaguá, publica nesta edição 3 delícias inigualáveis para ser acompanhadas com Sorvete Treviso. Se você está acostumado a usar outra marca no seu lanche, experimente Treviso e você vai sentir a enorme diferença. Provou Treviso, Só vai ser Treviso! Em Paranaguá a Sorvetes Treviso fica na Maneco Viana, 1240 bem pertinho da Nissei da Roque Vernalha.

PETIT GATEAU
Com sorvete de creme Treviso

PUDIM


INGREDIENTES
100 g de chocolate amargo - 100 g de manteiga - 2 ovos - 2 gemas - 1/2 xícara de açucar - 2 colheres de sopa de farinha de trigo manteiga para untar - Sorvete de creme Treviso para acompanhar
Mel
PREPARO
Derreta o chocolate e a manteiga no microondas ou no fogo comum. Numa tigela, junte o chocolate, os ovos, as gemas e misture bem, sem bater, com um batedor de mão. Acrescente o açúcar e a farinha. Misture até formar uma massa homogênea. Unte seis forminhas individuais com manteiga e distribua a massa até a borda. Leve ao forno pre-aquecido a 200°C e asse por 9 minutos. Sirva quente com sorvete de creme TREVISO e calda de chocolate.

A receita da calda é bem fácil: misture, 1 xícara de leite + 2 colheres (sopa) de chocolate em pó + 2 colheres (sopa)rasa de manteiga + 2 colheres (sopa) de açúcar. Misture tudo e levo ao fogo até engrossar um pouco e pronto.

BROWNIE
Com sorvete de creme Treviso e calda de clocolate

BROWNIE

Olha que receita deliciosa. veja como fazer um delicioso Brownie, sua família vai amar ... nós amamos!

INGREDIENTES

1 colher de chá de sal • 2 xícara(s) de chá de farinha de trigo • 350 grama(s) de chocolate amargo (1 barra) • 2 xícara(s) de chá de chocolate em pó • 3 ovos grandes • 1 e 1/2 xícara(s) de chá de açúcar • 1 xícara(s) de chá bem cheia de manteiga sem sal • 1 colher(es) de chá de essência de baunilha • 1 xícara(s) de chá bem cheia de castanha-do-pará

MODO DE PREPARO
Misture a farinha, o chocolate, o sal e reserve. Bata o ovo, o açúcar, a baunilha até obter um creme bem firme. Acrescente metade da manteiga. Junte esse creme à mistura de farinha e chocolate e coloque o chocolate, o restante da manteiga e as castanhas. Disponha a massa do brownie na forma de pão inglês e leve ao forno aproximadamente por 30 minutos no forno médio. Sirva com uma bola de sorvete TREVISO de creme, calda de chocolate e chantilly.

SANDUICHE DE SORVETE

SANDUICHE DE SORVETE

.
INGREDIENTES

16 biscoitos tipo cookies de chocolate - 1 litro de sorvete Treviso de creme ou baunilha

Calda
100 ml de creme de leite fresco - 150 g de chocolate meio amargo picado - 25 g de manteiga - 2 colheres (sopa) de karo -

Modo de preparo:

Deixe o sorvete fora do freezer por uns 10 minutos ou até que fique maleável. Coloque meia bola de sorvete entre dois biscoitos, aperte ligeiramente e coloque em um prato no freezer. Repita a operação com os biscoitos restantes. Enquanto os sanduíches gelam, prepare a calda: em uma panela, aqueça o creme de leite até começar a ferver. Retire do fogo e junte o chocolate, a manteiga e o karo. Misture bem e leve ao fogo bem baixo, mexendo sempre com uma colher de pau até a mistura começar a engrossar.  Retire do fogo e reserve para esfriar. Sirva as cookies geladas com um pouco de calda de chocolate. Vai arrasar!

RESTAURANTE DANUBIO AZUL PARANAGUÁ  RESTAURANTE SR MITAS RESTAURANTE ORIENTAL TEPANHAKY
PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       
pessoas fazendo o bem

Era uma tarde de tempo feio e frio no norte da Virgínia, no ano de 1806. A barba do velho estava coberta de gelo e ele esperava alguém para ajudá-lo a atravessar o rio. A espera parecia não ter fim e o vento cortante enrijecia seu corpo. Um cavaleiro passou e seguiu adiante e outro e mais outro sem se importarem com o velho. Finalmente um se aproximou do velho e ele então pediu:
        -O senhor poderia levar este velho para o outro lado? Não há uma trilha que eu possa seguir a pé em segurança.
        -É claro. Pode montar.
        O estranho então ajudou o velho a montar e não só atravessou o rio mas o levou até seu destino, algumas milhas adiante e então, para satisfazer uma curiosidade perguntou:
        - Vi outros passarem pelo senhor antes de mim, porque não pediu a eles para atravessar? E se eu tivesse me recusado e o deixasse na beira do rio?
        O velho apeou do cavalo devagar e respondeu: 
        -Eu conheço as pessoas. Aos outros seria inútil pedir ajuda. Mas, quando lhe vi, vi também bondade e compaixão.
        – Obrigado, disse o homem. Não pelo elogio, mas porque precisou de mim. Ser útil é bom.
        Virou seu cavalo e voltou para a Casa Branca. Se chamava Thomas Jefferson, o terceiro presidente dos Estados Unidos. Não é uma lenda. É um fato histórico. Está na biografia dele.
        É cada vez mais gritante a diferença social existente no Brasil, principalmente nos grandes centros, no entanto é cada vez maior, também, a quantidade de pessoas que não mede esforços para mudar essa realidade, e que sente um enorme prazer em ajudar os outros. Acredite: Ajudar o próximo pode fazer você viver mais e melhor. Sim, é isso mesmo! Está comprovado cientificamente que fazer o bem, traz

inúmeros benefícios para a saúde de quem pratica a ação. Pesquisas realizadas com voluntários norte-americanos mostraram que, realizar regularmente trabalho voluntário alivia tensões, pode afetar positivamente o funcionamento do organismo (coração, sistema nervoso e imunológico) joga a auto estima nas alturas, e até aumentar a expectativa de vida do indivíduo.
        A explicação científica é que quando você ajuda alguém, sem a preocupação de obter algo em troca, você se sente necessário. Se sente útil, e ativa regiões do cérebro que aumentam a produção de endorfina no organismo. As endorfinas melhoram nossa memória, nosso estado de espírito, aumentam a resistência às doenças, a disposição física, o sistema imunológico, bloqueiam as lesões dos vasos sanguíneos, tem efeito antienvelhecimento, aliviam dores, melhoram sua aparência física e sua maneira de encarar a vida. Você duvida? Faça alguma coisa de que você se orgulhe, para ver se tudo isso não é a pura realidade.
        E para fazer o bem não precisa ter dinheiro. Basta um olhar mais atento, mais paciência, gentileza, sorrisos, amor, sensibilidade e vontade de tornar o mundo um lugar melhor de se viver.
        Em grandes cidades brasileiras, como no mundo todo, câmeras de segurança foram instaladas nas ruas com o objetivo de detectar a ação de vândalos e criminosos, assegurando a tranquilidade aos cidadãos. Sempre dá certo, ao menos em parte, o que ninguém esperava é o que as mais de quinhentas câmeras de segurança gravaram, na capital pernambucana. Em dois meses, nada menos de seiscentos flagrantes de imagens inesperadas. Não de crimes e vandalismos, mas de atitudes gentis, solidariedade e honestidade.
        São casos de pedestres que ajudam

um homem atropelado, que conduzem cegos para atravessar a rua, que ajudam um cadeirante a subir na calçada, que empurram o carro de um desconhecido que quebrou, bem no meio da avenida. Alguém que corre atrás de outra pessoa, não para assaltar, mas para lhe devolver a carteira com dinheiro e documentos, alguém que recolhe os pacotes de quem os deixou cair, que abre e segura a porta, com gentileza, para seu acompanhante embarcar no carro. Quando se fala de tantas agressões entre torcidas organizadas, as câmeras do Recife, Pernambuco, registraram um torcedor ajudando um ciclista que caiu na rua e que usava a camisa do time rival. Uma mulher, saindo da igreja, encontra um homem embriagado, caído na escadaria, com a carteira exposta e o dinheiro à mostra. Ela tenta despertá-lo, sem sucesso. Então, preocupada, esconde a carteira embaixo do corpo dele, para que não vire alvo de possíveis ladrões.
        Pessoas que realizam boas ações, ajudam outras pessoas sem saber seu nome e sem se preocupar com raça, religião ou cor da pele ou condição social. Muitas ações de solidariedade passam despercebidas, porque os operadores são treinados para captar crimes, posicionamentos suspeitos e atos de vandalismos, mas os gestos existem, e isso é muito bom.
        O vídeo está na internet e foi exibido pela Globo Nordeste, demonstrando que A maioria da população é formada por pessoas de bem, que quando o praticam, deixam a sensação de que gentileza, cortesia e solidariedade ainda existem. Não são coisas do passado.



GRAF E ART REVESTIMENTOS LIQUIGAS anderson imóveis
CASA DAS FLORES ELISCONTABIL
PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       
CASAMENTO DE ELOIZE E LEONARDO


PAPELARIA E MATERIAIS DE ESCRITÓRIO EM PARANAGUÁ RENOVA INSTRUMENTOS MUSICAIS pevecerca
PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       

        Conversa Franca
        COM ARQUIMEDES ANASTÁCIO

Ao ver superadas as expectativas, tanto nas promoções como nas ações do dia a dia, sentimos a importância de alguém que sabe lidar com o momento histórico, que respeita a tradição, reconhece o bom trabalho realizado pelos antecessores, oferece sangue novo com muita vontade e competência para levar o que era bom, a ficar melhor ainda, sem deixar de lado os ventos da modernidade. Trata-se do presidente da ACIAP Arquimedes Anastácio que nos honra com sua presença na seção “Conversa França”

Jornal Domingo a Domingo (JDD):
Como é conciliar a direção do Diário do Comércio que já ultrapassou a marca dos cem anos e a presidência da ACIAP com 90 anos de existência?

Arquimedes Anastácio: Apesar da longa vida dos dois, a minha condição de diretor do Diário do Comércio, que acabou de completar 102 anos aconteceu em função do falecimento do meu pai, Miguel Nicolau Anastácio, ocorrido em 1971. Portanto lá se vão 43 anos.
        Já com relação à ACIAP, que comemorou 90 anos em Outubro passado a minha vinda para cá deu-se em 2001, quando assumi a Tesouraria, atendendo a um convite que me foi formulado pelo ex-presidente e meu amigo pessoal, Adriano Gustavo Vidal.
        Mas, nos dois casos a forma mais fácil de conciliar é delegar atribuições e mais tarde cobrar do seu quadro de pessoal e, em ambos sempre estive muito bem cercado, com pessoas gabaritadas e responsáveis. Por isto posso garantir que, apesar de em alguns dias ser corrido, não chega a assustar.


JDD: Existem vários fatores que por assim dizer, “entravam” o progresso empresarial em Paranaguá. Um deles é a legislação ambiental. Como a ACIAP pretende agir no sentido de melhorar a situação atual neste aspecto tão importante para o crescimento da cidade? Arquimedes Anastácio: A pergunta é importante e pertinente, pois realmente não só Paranaguá como de uma forma geral todo o nosso litoral tem sido “vítima” de uma ação extremamente rigorosa por parte dos órgãos ambientais.
        A atuação da ACIAP se dá, quando chamada, a tentar abrir um canal de negociação entre as partes envolvidas para que o progresso da cidade e da região não sejam tolhidos em vista de alguns impedimentos que podem ser revistos com medidas

CURSOS PROFISSIONALIZANTES

SITUAÇÃO .
compensatórias ou mitigatórias. E esta atuação tem sido levada a efeito ou através da Presidência, ou da Câmara Setorial de Agricultura e Meio Ambiente, que tem à sua frente o dedicado diretor Eloir Martins, pessoa com uma larga experiência na área do meio ambiente.

JDD: Uma de suas primeiras ações no comando da ACIAP foi a extinção de algumas Câmaras Setoriais. Qual era o seu objetivo ao extinguir estas câmaras setoriais e quais critérios foram adotados?

Arquimedes Anastácio: Na verdade a extinção de algumas Câmaras Setoriais não se deu como uma das primeiras decisões tomadas. A extinção destas Câmaras aconteceu no início da nossa segunda gestão e, basicamente foram adotados dois critérios a saber: a dupla-função de algumas Câmaras que estavam dividindo a mesma área de atuação e, portanto conflitando os segmentos envolvidos e também a pouca atuação que, ao entendimento da Diretoria, alguns diretores tiveram.
        Vale esclarecer e é sempre bom ressaltar que a proposta feita pela Presidência passou pela avaliação e pelo crivo de todos os demais diretores que participaram das reuniões em que o tema foi debatido. Não foi, e nem teria sentido de ser, uma decisão exclusiva e unilateral de quem temporariamente está no comando da ACIAP.


JDD: Recentemente foi inaugurado o Teatro Municipal que abre as portas de Paranaguá para muitas promoções e eventos culturais. O mesmo diga-se do Aquário Marinho que está sendo visto como a grande atração turística da cidade. A lenta e gradual abertura do porto aos navios de turismo também promete potencializar o turismo por aqui. Existe algum estudo ou projeto da ACIAP para que Paranaguá venha a apresentar um fluxo turístico compatível com sua História? A ACIAP trabalha de alguma forma para fomentar estas novas instalações, e outras que virão, dinamizando o turismo e a vida cultural da cidade e em consequência o comércio local?

Arquimedes Anastácio: A ACIAP sempre foi e continuará sendo uma parceira pró-ativa no desenvolvimento de Paranaguá em toda a sua área de influência ou de acesso. Nos casos específicos do Teatro Municipal Rachel Costa, e do Aquário Marinho Domênico Cattalini nas vezes em que fomos chamados a participar, dentro daquilo que pudemos, lá estivemos para colaborar com o sucesso dos empreendimentos.
        Temos dentro da composição da Diretoria uma Câmara Setorial de Turismo, Hotéis e Restaurantes, que é comandada pelo hoteleiro Célio Reis de Souza, que tem participado em nome da ACIAP de praticamente todas as ações que visam o progresso de Paranaguá nesta área que é conhecida como a “indústria sem chaminés” que é o turismo.
        A vinda de navios de turismo para o nosso porto tem aumentado a cada ano, mas todos nós sabemos que escalar navios turísticos nos diversos portos do mundo demanda uma programação prévia com muita antecedência, às vezes até de anos, mas temos a mais absoluta certeza de que todos os responsáveis neste setor estão trabalhando para que o número de escalas em Paranaguá venha sempre a aumentar.
        A participação desta Casa se dará sempre que for convocada ou provocada pois dinamizando o turismo estamos também fortalecendo o comércio local.


JDD: Como a ACIAP vê a Inadimplência dos consumidores no comércio de Paranaguá? Está em níveis aceitáveis? Está acima dos níveis aceitáveis? Já chega a comprometer o caixa dos lojistas menos capitalizados? Como a ACIAP lida com esta questão? Medidas do tipo anistia de juros são eficientes?

PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       

Arquimedes Anastácio: De acordo com o Presidente da Câmara Setorial do Comércio Varejista Anwar Hamud, o comércio de Paranaguá terminou 2013 com um aumento de 2,1% no número de consultas de acordo com a BCF (Base Centralizadora da FACIAP), a inadimplência no comercio de Paranaguá está  um pouco elevado, mas não chega a comprometer os caixas dos lojistas menos capitalizados, a ACIAP procura oferecer ferramentas para o lojista, como consulta ao SPC, Certificação Digital, Nota Fiscal Eletrônica e muitos outros para que ele possa oferecer o melhor atendimento para o seu cliente, medidas como anistia de juros,reparcelamento da divida ou acordos tem um desempenho positivo pois motivam o consumidor a voltar ao comercio.

JDD: A questão da estação ferroviária é caso perdido? A cidade de Paranaguá está assistindo a dissolução do seu histórico acesso ferroviário?

Arquimedes Anastácio: No entendimento de Célio Reis de Souza, Presidente da Câmara Setorial de Turismo, Hotéis, Restaurante e Similares, em relação à estação ferroviária não é um caso perdido e temos que nos empenhar para resolver esta situação. Deveremos questionar nossos governantes para que os mesmos se empenhem a manter este acervo com vida, pois é um patrimônio histórico de Paranaguá. Este assunto é constantemente debatido no Conselho Municipal de Turismo, do qual o Sr. Célio Reis faz parte como representante da ACIAP.

JDD: Um grande peso que incide sobre os ombros da classe patronal em Paranaguá, é o número exorbitante de questões trabalhistas. Um traço cultural remanescente de décadas passadas. Como a ACIAP vê esta situação? Qual a visão da associação sobre o assunto?

Arquimedes Anastácio: Pelo que se comenta Paranaguá tem sido uma das cidades recordistas em número de ações trabalhistas que abarrotam os nossos cartórios e certamente prejudicam a imagem da cidade na visão dos empresários.
        Na qualidade de presidente da ACIAP tenho a lamentar pois já vi petições com pedidos absurdos mas cabe aos juízes o dever de proferir as sentenças e, justamente por suas funções, separar o que é justo do absurdo. Mas, quem sabe se houvesse uma legislação mais rigorosa para aquele que tenta iludir a Justiça do Trabalho como por exemplo o trabalhador que mentisse em sua reclamação pagasse para o empregador os exageros apresentados, pudesse diminuir a má fama que Paranaguá carrega. Para as empresas vale a sugestão de ter um setor de Recursos Humanos eficiente e um Jurídico atualizado para evitar dissabores.


JDD: Arquimedes Anastácio, você tem formação jornalística, é um empresário da informação o que necessariamente lhe proporciona uma visão privilegiada dos problemas da cidade. Acredita que este seu profundo conhecimento da vida de Paranaguá, tem papel importante na maneira acertada como vem conduzindo a ACIAP nos últimos anos o que inclusive resultou na sua reeleição para a gestão atual?

Arquimedes Anastácio: Como já foi dito na primeira pergunta eu fui “obrigado” em função do falecimento do meu pai a assumir a direção do Diário do Comércio, no entanto não tenho formação acadêmica de Jornalismo. Mas é inegável que as informações nos chegam quase sempre antes de outros setores econômicos. Esta gama de informações certamente nos ajuda no dia a dia da ACIAP e considerar a maneira como venho conduzindo esta instituição como acertada posso creditar a sua bondade e a nossa amizade e portanto só tenho a agradecer. Obrigado.

JDD: Até recentemente o comércio de Paranaguá era exercido por empresas familiares de origem local. Hoje a ciranda do progresso tem atraído para Paranaguá um número nunca visto de filiais que transferem seus resultados para suas matrizes em suas cidades de origem, e que em muitos casos, trazem consigo uma qualidade administrativa e tecnológica muito superior e, portanto mais eficiente que as empresas locais. Como a ACIAP acompanha este impacto do progresso sobre o dia a dia da cidade?

Arquimedes Anastácio: Esta situação de empresas com origem totalmente familiar ainda é preponderante em nosso comércio, em especial o varejista. No entanto em função do progresso, filiais de grandes redes estão se instalando em Paranaguá pois os estudos e pesquisas elaborados por instituições do ramo apontam Paranaguá como um bom local para se investir.
        Com a vinda das filiais já instaladas e outras que se anunciam para no máximo 24 meses é natural que junto venha um quadro de pessoal mais refinado e, de uma forma mais

.
acentuada, nos postos diretivos. Cabe à nossa gente estar mais preparada para também disputar este espaço, o que já vem ocorrendo cada vez com maior frequência, haja vista a grande procura por cursos técnicos ou superiores.
        A ACIAP acompanha de longe o impacto deste quadro com a certeza de que com o passar do tempo estaremos cada vez mais aptos a participar deste progresso que é irreversível. JDD: Alguns setores representativos de nossa cidade tem se mostrado preocupados com as alterações na área de abrangência do porto por considerar que ela poderá criar uma condição desigual entre os capitais instalados dentro do porto e aqueles que estão se instalando em outros locais com muito mais tecnologia e poder de competição. Qual a posição da ACIAP com relação a expansão do porto e a instalação de novos equipamentos portuários no nosso litoral, como um novo terminal de contêineres, por exemplo?

Arquimedes Anastácio: Em nosso quadro de diretores temos representantes de empresas que defendem a alteração da área de abrangência do porto como também temos os partidários de manter as poligonais como estão hoje.
        A posição da ACIAP já foi manifestada em correspondência encaminhada ao Governador Beto Richa e ela apresenta a defesa da isonomia entre as partes pois caso aconteça vantagem comercial para qualquer um dos lados a concorrência passa a ser desigual. A instalação de contêineres em Pontal do Paraná é um exemplo claro desta desigualdade. Acho que é uma questão de ajuste.
        No entanto existem inúmeras barreiras ambientais que precisam ser transpostas, além da dificuldade de grandes caminhões transitarem pela mesma estrada que hoje já é problemática, em especial neste período de verão. Quem se utiliza da estrada que liga a BR 277 a Praia de Leste e Pontal sabe bem do sufoco existente, imagine com o trânsito de caminhões.


JDD: Algo que você considere uma vitória em sua gestão.

Arquimedes Anastácio: Não existe na atualidade algo em que possamos considerar uma vitória. Existe sim, e nós devemos preservar é o bom relacionamento com todas as autoridades constituídas bem como com os diversos segmentos da nossa economia para que, se necessário, tenhamos as portas abertas para um diálogo franco e produtivo.
        Esta é uma característica de tantos que me antecederam e certamente será mantida por outros que virão.


JDD: As ações de uma associação comercial são sempre de caráter coletivo, ou seja, nada acontece se não existir a união entre os associados em torno de ideais comuns. Como você vê o envolvimento dos comerciantes às propostas da ACIAP? Que melhorias a ACIAP pretende para o quadro associativo?

Arquimedes Anastácio: Todas as ações da ACIAP são por óbvio voltadas para os seus associados e temos recebido uma resposta positiva das iniciativas tomadas. As melhorias se darão na medida em que novas ferramentas sejam apresentadas pois o comércio é extremamente dinâmico em suas necessidades.

JDD: Suas considerações finais.

Arquimedes Anastácio: Quero agradecer a gentileza do “Domingo a Domingo” para expor um pouco do que a ACIAP desenvolve e aproveitar para convidar os nossos sócios para que independente de nos apresentar qualquer demanda, nos visite pois a ACIAP estará de braços abertos para recebê-los.


ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE
PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       
sala de estarINFORMATICA E TELEFONIA
ACUPUNTURA E CLÍNICA MÉDICAMICROHELPNAVEGANTES PEÇAS E SERVIÇOSESCOLA DE MÚSICA TOQUE ATUALREFRIGERAÇÃO ASTECA
PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       
Mulheres

.
mulheres1 A rainha do rock brasileiro marcou época e está completando 50 anos de carreira! Nascida em 31 de dezembro de 1947, no bairro da Vila Mariana, Rita Lee Jones Carvalho chegou a cursar Comunicação na Universidade de São Paulo, mas logo abandonou o curso para se dedicar à música — paixão que cultivava desde a adolescência, quando criou uma banda formada apenas por meninas. A cantora de estilo irreverente, que sempre levantou a bandeira da independência feminina, emplacou hits como Ovelha Negra, Mania de Você, Lança Perfume, Esse Tal de Roque Enrow, Baila Comigo e Erva Venenosa e vendeu mais de 65 milhões de discos.

        Vítima de um acidente de carro, em 1994, que a deixou tetraplégica, a paulistana Mara Gabrilli transformou a sua dor em luta. Vereadora, deputada estadual e criadora do Instituto Mara Gabrilli, ela é pioneira mulheres1na defesa dos direitos da pessoa com deficiência. Durante sua passagem pela administração municipal desenvolveu projetos que resultaram numa utilização de mais ônibus acessíveis na cidade e calçadas adaptadas na Avenida Paulista que se tornaram modelo para o mundo.

        Se hoje nós, mulheres, temos o direito de eleger nossos representantes, devemos isto à paulistana Bertha Maria Júlia Lutz, pioneira do movimento feminista no Brasil. Bem-nascida (era filha do cientista Adolpho Lutz e da enfermeira inglesa Amy Fowler), Bertha formou-se em ciências naturais na Sorbonne, onde se entusiasmou com as reivindicações

.
feministas, sobretudo na área dos direitos políticos. mulheres1Foi a segunda mulher a entrar no serviço público brasileiro ao ingressar (por concurso público) no Museu Nacional como bióloga. Em 1919, criou a Liga para a Emancipação Intelectual da Mulher, o ponto de partida para a formação da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino (FBPF), em 1922.
        Em maio de 1928, pilotando um aeroplano, lançou folhetos sobre o Congresso Nacional, o Palácio do Catete, sede do governo federal no Rio de Janeiro, e os jornais da cidade, defendendo o direito a voto para as mulheres. Insistiu tanto nesta causa que conseguiu dobrar os poderosos e em 1932, Getúlio Vargas instituiu o voto feminino. Dois anos depois, ela participou do comitê elaborador da Constituição e garantiu às mulheres a igualdade de direitos políticos. Presidente da FBPF até 1972, Bertha também teve atuação internacional, batalhando com as sufragistas nos Estados Unidos e em países latino-americanos.
        Ocupou uma cadeira na Câmara dos Deputados, em 1936, representou o Brasil na Conferência Internacional do Trabalho, na Filadélfia, em 1944, e integrou a delegação brasileira à Conferência Mundial da Mulher, no México, em 1975. Morreu um ano depois aos 82 anos.

        A escritora Lygia Fagundes Telles, de 89 anos, nasceu no bairro de Perdizes e escreveu grandes livros de sucesso, como As Meninas e Ciranda de Pedra. Lygia é conhecida por fazer com que suas histórias cheguem ao fundo da alma de seus leitores. Em 1985, tornou-se a terceira mulher a ocupar uma cadeira na Academia Brasileira de Letras.

PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       

HOROSCOPO

Fonte:“Worldwide Horoscope”     março

.
AQUARIO - 21/01 a 19/02
É possível que tensões e ressentimentos do passado continuem a surgir. Evite um sofrimento inútil, procurando ajuda ou orientação profissional. o momeno é ótimo para incrementar vida econômica e abrir novas frentes de trabalho. Poupe seu dinheiro e organize os seus gastos. A fase é de expanção. Mais para o final do mes, divulgue seus interesses aumentando seu network ao máximo.
PEIXES - 20/02 a 20/03
Período de extrema sensibilidade, criatividade, vontade de viver, de expandir horizontes afetivos e espirituais. O setor de trabalho está muito bem conduzido e você poderá produzir ainda mais. As tensões na vida amorosa ainda permanecem mas com paciência e sabedoria, você vai contornar os mal entendidos. Não faça gastos impensados e muito menos investimentos de risco.
ARIES - 21/03 a 20/04
Seu grande desafio será transformar o convívio familiar num momento de compreensão e solidariedade apesar dos conflitos. Toda roseira tem espinhos. Recue quando necessário para não se machucar e aprecie o aconchego e esse afeto que são positivos e aproveite para trocar experiências e extreitar laços que serão importantes no seu futuro.
TOURO - 21/04 a 20/05
Os laços entre amigos ficam mais fortes e você terá a capacidade de atrair o que for melhor para você.O setor da comunicação se intensifica, trazendo para o campo da prática todo o conhecimento acumulado no passado e todas as virtudes afinadas com as ciências humanas. Já é tempo de você sentir-se livre. Soltar-se e libertar-se do passado. Remoer o que já passou é desperdiçar energia
GÊMEOS - 21/05 a 20/06
Crescimento e otimismo em sua vida profissional. Hora de criar, dar asas à imaginação, já que tudo que existe no plano visível, foi antes criado na mente de alguem. Confie em sua capacidade. Exponha-se. A vida amorosa ainda requer cautela. Ocupe-se com outras coisas que estejam caminhando melhor. Saber esperar demonstra maturidade. Controle a impaciência e não radicalize em suas opiniões.
CÂNCER - 21/06 a 21/07
Procure se expandir na área do conhecimento, da filosofia e da espiritualidade. Se tiver oportunidade, planeje uma viagem, aceite a diversidade e interaja com outras culturas. Na vida domestica toda forma de intransigência deve ser evitada porque existe um pouco de intolerância nesta área. Evite julgar de forma unilateral ou autoritária. Está se anunciando uma maré mais amena nos relacionamentos amorosos.
LEÃO - 22/07 a 22/08
Você vai estar mais sensível e aberto às realidades da alma. Viva seus sonhos e deixe-se levar pelos devaneios e fantasias que surgirem. Aproveite este mes para esclarecer assuntos pendentes da sua vida amorosa e deixe o seu coração falar por você. Viva o presente sem muitas cerimônias. Muita coisa que está se configurando agora pra você, deve se materializar ao longo do ano. Não se apresse.

locação de equipamentos para aconstrução civil

VIRGEM - 23/08 a 22/09
Os luminares estão intensificando sua vida social e seu espírito de fraternidade.Fique mais aberto e se deixe levar pelos acontecimentos, deixando de lado seu habitual senso prático. Cultive um espírito generoso e otimista. Você vai se surpreender com as respostas positivas. Também na vida amorosa trate de ficar mais flexível. Jogo de cintura e adaptação ao outro, que claro; é diferente.
LIBRA - 23/09 a 22/10
Período positivo para você cuidar melhor do seu bem estar, cuidar do físico, comer bem e fazer exercícios. Não deixe passar a oportunidade porque a saúde é um bem precioso. Fique atento a convites que podem surgir na vida profissional onde novos caminhos devem se abrir para você. A partir da metade do mês, tenha cuidado para não invadir os limites do outro com autoritarismos descabidos.
ESCORPIÃO - 23/10 a 21/11
Os nativos deste signo não conhecem o meio termo, e às vezes, acabam enfrentando contratempos na vida familiar. Neste momento não ha nada que se possa fazer quanto a isso, a não ser esperar que o tempo vá harmonizando e ajustando as dificuldades que surgirem. É tempo de amadurecer pela espera e pela paciência. Cuide da saúde e evite stresses desnecessários.
SAGITÁRIO - 22/11 a 21/12
O excesso de trabalho pode estar exaurindo suas energias. Procure relaxar para carregar suas baterias e proteger sua saúde. Júpiter em câncer favorece de maneira especial o convívio pacífico e harmonioso com a família. Depois da metade do mês, a área de comunicação favorece o aprendizado e você deve considerar a possibilidade de fazer um curso ou se reciclar de alguma forma.
CAPRICÓRNIO - 22/12 a 20/01
Período de muita sensibilidade e vida emocional intensa. O ciclo é favorável ao seu amadurecimento, proporcionando maior conhecimento de sí próprio e dos outros. A fase é tranquila e serena, e você pode assumir responsabilidades maiores na vida pessoal, amorosa e familiar. Um novo leque de oportunidades se abre para você na vida profissional. Fique atento.

telhas

MASSAO TRANSPORTES E TURISMO
PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       
copa do mundo
   

Geralmente quando se fala de turismo, já imaginamos praias maravilhosas como as do nordeste, ilhas paradisíacas, como a ilha do mel, cidades, todas as cidades que são cartões postais do mundo. Só que o assunto desta vez é outro. Vamos falar de um navio que alguém, num momento de inspiração, poesia e lucidez, batizou de Esplendor dos Mares.
        O “Splendour of the Seas”, um navio de cruzeiro de 69130 toneladas administrado pela Royal Caribbean, mede 264 metros, tem capacidade para 2064 passageiros e 732 tripulantes, dispõe de uma piscina coberta e outra ao ar livre, sala de espetáculos com 800 lugares, cassino, 4 bares com música ao vivo, discoteca, campo de Mini golf, um restaurante com capacidade para servir “a la carte” mais de 500 pessoas e um self service, biblioteca com livros em várias línguas, sala com PCs ligados à internet, infantário para crianças dos 3 aos 10 anos com apoio de uma equipe de animação, espaço para crianças dos 10 aos 16 também com equipa de animação, sala de jogos, ginásio totalmente equipado, centro de estética, massagem e animação permanente.
        São inesquecíveis as vistas proporcionadas pelo Splendour of the Seas, um navio que divide seu tempo entre os litorais da Europa e da América do Sul. Observe a paisagem através das milhares de janelas que colocam você frente a frente com cidades históricas e praias inacreditáveis. Dê um mergulho nas piscinas ensolaradas do Solarium, ponha sua tacada e equilíbrio à prova no minigolfe e na parede de escalada ou então seja paparicado no Spa .
       

TURISMO E PASSAGENS

Agora, há muito mais para você aproveitar a bordo, com o acréscimo das experiências favoritas dos hóspedes. As novas atrações incluem o Chops Grille, o Centrum reformado, o novo R Bar uma tela de cinema ao lado da piscina, a coloridíssima Galeria BRITTO, além do berçário para os pequenos hóspedes.
        Do dia 31 de março até 4 de abril de 2014! acontecerá no Splendour of the Seas, o Cruzeiro The Love School. Quatro noites navegando em alto-mar, tendo a oportunidade de vivenciar novas experiências, buscar entender o seu parceiro e melhorar cada vez mais o seu relacionamento.
        No dia 4 de abril o navio promove a primeira edição do Royal Gourmet, cruzeiro temático que promete aguçar o apetite dos hóspedes da Royal Caribbean. O navio sairá de Santos com destino a Punta Del Este e Montevidéu, e Buenos Aires, trazendo à bordo importantes chefs para uma programação especial. Alguns nomes já estão confirmados no evento, desenvolvido em parceria com a chef Mônica Rangel, que comanda a cozinha de seu restaurante Gosto com Gosto, em Visconde de Mauá (Rezende – RJ) e fundadora do Movimento Brasil à Mesa.
        Marcarão presença nesta primeira edição do Royal Gourmet , o chef Dalton Rangel, apresentador do programa Homens Gourmet do canal Fox Life e fundador da consultoria gastronômica Supergourmet em parceria com Guga Rocha, e o alemão radicado em Santa Catarina Heiko Grabolle, que com sua trajetória variada inclui passagens por restaurantes e hotéis da Suíça, Itália, Espanha e Inglaterra e hoje atua no Senac Restaurante-Escola em Blumenau e é membro da Associação dos Chefs Alemães VKD.
        Também já estão garantidos para o Royal Gourmet o profissional Rodrigo Martins, que trabalhou como souschef de Laurent Suaudeau, no premiado restaurante Laurent, participou de mais de 70 empreendimentos gastronômicos e hoje atua como chef executivo dos restaurantes Vino! (SP) e La Varenne (Curitiba); o sócio fundador da APACERJ – Associação dos Produtores e Amigos da Cachaça do Estado do Rio de Janeiro e especialista na bebida, Claudio Rangel e o chef Paulo Machado, conhecido por seu trabalho de divulgação da cozinha nacional pelo mundo, tendo realizado festivais de Gastronomia Brasileira em vários países entre eles China, Tailândia, Peru, Uruguai, Quênia, Etiópia e Kuwait.
        Na programação elaborada estão previstos workshops de vinho, aulas com degustação dos pratos preparados, refeições temáticas e atividades gastronômicas para a família toda, e também um jantar especial criado especialmente pelos chefs convidados. Mônica Rangel, pretende com o evento, valorizar a gastronomia brasileira no âmbito domestico e tambem no cenário internacional.

PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       

IMOVEIS ALUGUEL

Centro Histórico - Alugo kitinete semi mobiliada na lateral da delegacia com 4 peças, R$ 850,00+ luz. Contato: 8452-2677 ou 9856-7280 (70)

Jardim Araça - Casa com 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, lavanderia, garagem e quintal independente. R$ 600,00 Tel: 3422-7554 ou 9171-2461 (70)

Jardim Eldorado - Alugo casa com 2 quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço, garagem R$ 700,00 tel: 9154-7436 (71)

Pe Jackson - Alugo casa com 2 quartos, cozinha, banheiro, sala, churrasqueira e garagem para 3 pessoas. R$ 600,00 incl água e luz. sem animais. Tel: 9211-0342(71)

Jardim Figueira - Vendo terreno con 9x15 R$ 12.000 Tel: 8470-0478 (71)

Jd. Jacarandá - Alugo casas R$ 500.00 tel: 9950-5626 ou 9684-9188 (71)

Santos Dumont - Alugo Kitinete com quarto cozinha e banheiro sem garagem para pessoa sozinha. R$ 380,00 tel: 9963-4731 (71)

Porto dos Padres - Alugo kitinete para casal ou pessoa solteira, sem crianças com 3 comodos na rua Wasington Luiz, próximo ao SENAI - não aceitamos animais R$ 400,00 Tel: 9680-1676 (71)

Santa Helena - Aluga-se Kitinete com quarto cozinha banheiro, quintal fechado e área de serviço para casal sem filhos e sem animais. R$ 250,00 tel: 9211-0342 (71)

Vila S. Vicente - Casa com 180 m² em alvenaria com terreno de 28m de frente por 55 de fundos na rua Bento de Oliveira Rocha Tel: 3424-8995 (71)

Vila Guarani - Alugo casa com 3 quartos, e demais dependências. R$ ) 625,00 Tel: 9692-2853 (64)

IMOVEIS VENDA

CAIOBÁ - Vendo apartamento novíssimo, mobiliado, a duas quadras do mar, dois quartos com ar condicionado, cozinha e demais dependências. Tudo com móveis sob medida. Geladeira nova e fogão novo. Garagem para 1 carro. Primeiro andar. Sem taxa de condomínio. R$ 195.000,00. Tel: (41) 9773-7882 ou 9649-0903. (72)

Praia de Ipanema- Terreno no Balneario Marissol, medindo 15x12m². Murado, gramado, de esquina e com calçada. R$ 70.000,00. Estudo troca por casa em paranaguá.. Tel: 8472-5897 e 9758-4603 com Sérgio (69)

Residencial Bell Mar II- Bairro: Parque São João, Apto térreo: 2 quartos, Sala, Cozinha, Lavanderia, Banheiro Aceito proposta de permuta de imovel em Pontal do Paraná Praia de Leste da Financiamento. Características: Churrasqueira, salão de festas, porteiro 24h. Fone: (41) 84735821 (69)
.Anderson Imóveis .
Balneario Praia de Leste- Valor: R$ 90.000,00 Distância do mar: 800 metros Localização: Praia de Leste Descrição: Casa contendo 02 dormitórios,sala de estar e cozinha conjugada,wc social, estacionamento. Fone: (41) 8473-5821 Oi (41) 9901-8404 Tim Creci F-22278 - Graziele (69)

Imobiliaria j Cabral.
Vila Horizonte - Vendo um sobrado na rua Artur de Souza Costa, 436, de esquina. R$ 380.000,00 Tel: 9846-3090 ou 8495-8111 ou 8404-3171 com Israel (71)

Jd. Jacarandá- Casa em alvenaria com 2 quartos, sendo uma suite, sala, copa, cozinha, cerâmica até o teto e banheiro. terreno de 30x25 R$ 129.000,00 Tel: 3425-8590 ou 9505- 5565 Ref:121 (72)

Vila Divineia - Casa de Alvenaria com 2 quartos sala cozinha banheiro lavanderia varanda grande uintal com árvores, ao lado do Conjunto Nilson Neves R$ 59.900,00 Tel: 8428-4025 99487903 ou 9235-8923 (69)

Sobrado com 240m²- em terreno de 231m² alto padrão. Ótimo local. Registrado e averbado. Financiável. Aceito apartamento de menor valor em curitiba ou praias R$ 360.000,00 Tel: 9998-8259 (71)

CAIC - Casa com 3 quartos, sala, cozinha, banheiro, churrasqueira, lavanderia, garagem coberta para um carro, terreno de 12x20 R$ 98 MIL Tel: 3425-8590 ou 9505-5565 Ref:037 (72)

Divinéia - Terreno de 10x35,33 = 355,15m² - com duas casas Simples R$ 125 MIL Ref: 080 (72)

Casa de Alvenaria -com 6 peças + garagem para 2 carros, e área de serviço R$ 110.000,00 ou troco por uma de maior valor. Pago diferença em dinheiro Tel: 3424-6173 ou 8824-6829 com Antonio (71)

Vila dos Comerciarios - Casa em alvenaria com piso todo em cerâmica, forro PVC, com 1 Quarto, sala, cozinha, banheiro e lavanderia R$ 45 MIL Tel: 3425-8590 ou 9505-5565 Ref: 123 (72)

Mercado -com clientela formada a mais de 10 anos, no Porto Seguro em frente ao IFPRPGUA. Motivo de tratamento de saúde. tel: 3424- 5892 com José (71)

Loja de perfume -com estoque pronto e instalações. Tel: 7816-7526 ou 8486-6019 (71)

Salão de beleza -completo com clientela formada tel: 9156-9237 com Nice (71)

SERVIÇOS

Manutenção de Pc - e Notebook, Formatação Windows XP ou 7, Remoção de Vírus e Instalação de Programas, apenas R$ 50,00 qualquer um dos serviços. Configuração de modens e impressoras. Venda de peças e acessórios pelo menor preço do mercado Atendo a domicílio sem taxa de deslocamento. Telefone 8459-7913 / 9679-6252 TIm(63)

JR Serviços- Textura, Grafiato, Pinturas limpezas, terreno, caixa dagua, piscinas, jardinagem e pequenos reparos. Serviços garantidos e de boa qualidade. Acioli Júnior: 9191-4726 ou 9682-2891 )

Manutenção de PCS -Instalação concerto , GPS e antenas em geral. Atualização de AZBOX e RECOVERY. Orçamento sem compromisso. 3425-7462 ou 8469-2569 ou 9958-5350 (61)

FILMAGENS - A melhor equipe de Paranaguá. Filmagens a partir de R$ 300,00 para casamentos, formaturas, festa infantil. Tel: 3425-1842 e 8451-8278 Facebook: danielalopes fotografa ( 65) S.O.S DO Computador -Seu computador esta com problemas de formatação de sistema problema de rede, peças novas e usadas iremos ate você empresa ou residência, . Fone 9169-8556 (63)

Pequenos consertos- pinturas internas e externas, lavagens de toldos, telhados e muros, corte e poda de gramados, limpeza de terrenos e etc, ligue e faça seu orçamento sem compromisso.Fazemos o serviço no tempo programado, Porque serviço dado é serviço Cumprido.Fones 8509-3830 c/Emerson. rfservicos.negociol.com (66)

Assistência Técnica em fogões- de todas as marcas. Orçamento sem compromisso com garantia. Plantão 24 horas Tel: 8813-0959 9124-5252 Jair (52)

Jorge Rosa - Serviços de marcenaria em geral. Coberturas, escadas, forro e assoalho. Total garantia dos serviços executados. 3423-3951 e 8833-4128

Limpeza de quintal- com roçadeira e aplicação de veneno (mata-mato) Tel: 9925-2778 (44-1)

VEÍCULOS

Gol -cor prata, ano 97, iPVA 2013 quitado, R$ 5.900,00 Tel: 9433-3683 0u 8440-8145 (70)

Voyage - ano 95, documento ok IPVA em dia, mecânica excelenterodas acapulpo, R$ 4.500,00 Aceito Proposta. 8428-0608 / 8486-9889 / 3422-1026 Sandra ou Nataniel (69)

MOTOS

Honda bis -ES, 125cc, preta, 2008 R$: 3.700,00 Tel: 8899-6362 (70)

Yamaha Fazer- 250cc, vermelha, ano 2007 R$ 5.300,00 Tel: 8899-6362 (70)

NAUTICA

Barco alternativa 21 pés com motor Evinrude Intruder 175HP Cabinado com toldo, ferragem em inox, duas baterias de 70hp novas, tanque de gasolina em inox, puxador de eski, tanque de água, capacidade de 50 litros com chuveirinho. Som, toca CD Ferro com cabo de 40 metros. R$ 25.000,00. Acompanha carreta de encalhe. Tel: 9102-7103 vivo ou 9998-1860 tim 3422-6789 (67) Vendo Sobrado em Curitiba com 170m², bairro Jardim Botânico, com 3 quartos, 1 suite, Churrasqueira, garagem para 2 carros. R$ 520.000,00 (Mobiliado) Falar com Mauro. Tel: 9245-4408

INFORME QUE VIU NO SITE DO JORNAL DOMINGO A DOMINGO

Coloque seu anúncio classificado gratuito pelo e-mail contato@domingoadomingo.com.br
O Jornal impresso sai na primeira semana de cada mês.


CLIQUE AQUI PARA PUBLICAR SEU ANÚNCIO GRÁTIS


PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       

TINHA DEIXADO UMA CARTA

cartaEle tinha 19 anos, e estava internado num hospital aguardando a morte numa enfermaria, junto a outros doentes, tão graves quanto ele.
        A tarde os familiares o viriam visitar, mas talvez não chegassem a tempo de encontrá-lo ainda com olhos abertos para este mundo. Alongou o braço até a mesinha próxima, pegou um pedaço de papel, um lápis e com muito esforço, começou a escrever: Sinto muito! Mas está em tempo de todos saberem a verdade. Vou ser breve e claro, bastante objetivo! 
        Conheci a droga que acabou com a minha vida, minha assassina, eu tinha16 anos. Sei que é horrível confessar isso às pessoas que mais amo. Sabe como nos conhecemos? Através de um sujeito elegante, muito bem vestido e bem falante na saída da escola. Ele me ofereceu.
        Primeiro, tentei recusar mas o cara falou que aquilo era uma parada pra homem, que não esperava aquela caretice de minha parte. Podia pegar. Era um presente, eu só ia ficar conhecendo...Não é preciso dizer mais nada, não é? Ingressei no mundo do tóxico. Acho que foi a vaidade ou a imaturidade ou a curiosidade ou tudo isso juntos que me fizeram aceitar aquela porcaria. No começo, passava mal. Depois vinha o devaneio e, a seguir, a escuridão. Não fazia nada sem a droga. Às vezes tinha falta de ar, medos, alucinações. Mas, em seguida, vinha a euforia. Eu me sentia mais gente do que as outras pessoas. Meu amigo inseparável, o tóxico, sorria e me obrigava a usar cada vez mais e coisas cada vez mais fortes. Eu odiava e obedecia!
        A gente começa acha tudo ridículo e muito engraçado. Até Deus eu achava ridículo. Hoje, aqui no hospital, reconheço que Deus é o mais importante de tudo no mundo. Tenho certeza de que,

sem ele, eu não estaria tendo forças para escrever esta carta. Tenho só 19 anos. Sei que não tenho a menor chance de viver. É muito tarde para mim. Mas tenho um último pedido a fazer para vocês que me amaram e sofreram com o destino que escolhi. Digam a todas as crianças e a todos, digam nas escolas o que me aconteceu. Digam a eles que em cada porta de escola, em cada cursinho de faculdade, em qualquer lugar, tem sempre alguém que vai mostrar a eles a droga como um mundo sedutor. Diga a todo mundo que esta pessoa é um assassino ganha pra te matar. Por favor, pai! Mãe. Todos os meus irmãos e meus amigos, façam isso, antes que seja tarde demais. Perdoem-me. Perdoe-me. Eu mesmo já sofri demais!” 
        Ele acabou de escrever e colocou com dificuldade o papel em cima da mesinha. Respirava com dificuldade. Tossiu. O lápis escorregou para o chão e ficou lá. Quando chegaram para a visita, os parentes foram informados de que ele havia falecido.
        Tinha deixado uma carta.

CONSULTORIO_ODONTOLOGICO_PARANAGUA

PRAIAS
MENU DE PÁGINAS
                      
                       

A MODA MULHERÃO

Aconteceu domingo(23/2),blusinha o Fashion Weekend Plus Size - Inverno 2014, no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo.  Um evento idealizado pela jornalista Renata Poskus Vaz, autora do blog Mulherão, que aproveita para lançar sua linha de roupas Marri Gattô by Renata Poskus.  Com 1,72m, manequim 46 e 84 quilos, Renata, uma das maiores referências em moda Plus Size do país, conta que  quer acabar com o tabu de que as  mais cheinhas não podem usar determinados modelos de roupas.  Pensando nisso, desenvolveu peças versáteis, contemporâneas, que podem ser usadas no blusinha trabalho, num jantar ou na balada como shorts, saias justas, chemise, saias longas, vestidos longos com fendas e macacão. A viscose é o carro chefe dos seus trabalhos. O tricô e o veludo de malha também estão presentes na coleção. “Podemos vestir roupas modernas, confortáveis, versáteis e femininas, com uma modelagem que valorize as formas”, diz a estilista. 

blusinha A Miss Brasil Plus Size 2013, Aline Zattar, também, escolheu o FWPS para lançar sua coleção. Repleta de transparências e texturas, suas roupas  querem resgatar a autoestima da mulher plus size. Aline traz, ainda, para a passarela peças com recortes que evidenciam o mix de tecidos e cores. O preto, as cores neutras, estampas étnicas e geométricas e o animal print surgem em diversos estilos. O FWPS é um dos muitos eventos nacionaisblusinha que prestigiam a beleza da mulher plus. No total, doze marcas levaram para a passarela as tendências da próxima estação. Além de dar oportunidade para o setor, o evento também revela modelos para o mercado publicitário. Revistas internacionais, como a Vogue italiana, ELLE, e outras, já colocaram gordinhas na capa como Candice Huffine e Tara Lynn. 

 MODA MASCULIMA FEMININA INFANTIL HAMUD SHOPPING